O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), mantém provisoriamente a nomeação de Moreira Franco para o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência.
Nesta quinta-feira (16), o relator do caso falará com o presidente Michel Temer, o qual nomeou Moreira Franco para o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, e pedirá informações sobre o assunto para depois tomar a decisão definitiva. A resposta foi encaminhada ao STF na sexta-feira à noite.
Rede e PSOL acusam Temer de indicar Moreira apenas para dar direito ao foro privilegiado. Pois Moreira Franco é citado na delação da Odebrecht, que faz parte da Operação Lava-Jato.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.