Acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-ministro José Dirceu, foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 11 anos e oito meses de prisão.
No período entre 2009 a 2012, José Dirceu e o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, teriam recebido da empresa Apolo Tubulars uma propina de mais de R$ 7 milhões em troca de um contrato da Petrobras.
Essa já é a segunda condenação de Dirceu na Lava Jato. O ex-ministro está preso preventivamente há quase dois anos, desde agosto de 2015.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *