Em reunião realizada nesta quarta-feira (08/03), o Sindimoc (Sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana) recusou a proposta feita pelo patronal, que seria a reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) e que resultaria em 5,43% de reajuste no salário e demais benefícios de forma linear.
Anderson Teixeira, presidente do Sindimoc, afirma em vídeo que já há indicativo de greve para a semana que vem pois a proposta não contempla a necessidade da categoria.

Assista o pronunciamento do Presidente Anderson Teixeira:

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.