Foi colocado um fim na greve de ônibus em Curitiba numa reunião que ocorreu nesta tarde de quarta-feira (22/03).
Mesmo dizendo que não teria condições, a Urbs fez o aumento de 15% no vale-alimentação dos trabalhadores. A categoria aprovou e o acordo foi encaminhado para o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para avaliação e homologação.
O aumento do porcentual de 6% para 15% no vale alimentação estava fora do planejamento da Urbs, e resultará em cerca de R$ 5,4 milhões a mais no ano. A medida, entretanto, não modificará o valor da passagem paga pelo passageiro.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *