Nesta terça-feira (04/04), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por unanimidade conceder um prazo adicional para as alegações finais das defesas e também convocar novos depoentes contra a chapa Dilma-Temer.
Essas decisões, tomadas após 1 hora e 45 minutos de sessão, poderá atrasar até maio o julgamento da ação que pede a cassação da chapa.

Foto: Dida Sampaio.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.