O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou o pedido que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez para conseguir mais tempo para analisar os documentos sobre o processo do triplex.
A decisão é do juiz federal Nivaldo Brunoni foi por conta da repercussão nacional que o depoimento tomou e que isso mudou a rotina de Curitiba. Para o magistrado, não há razão para suspender o depoimento e o andamento da ação penal.
Assim, o depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro continua marcado para esta quarta-feira (10/05), em Curitiba.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *