Após o interrogatório, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi direto para um ato de apoio político na praça Santos Andrade, no centro de Curitiba. Lula falou por cerca de 20 minutos, se defendeu das acusações de corrupção e até se emocionou.
Com ele estavam, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a Senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) e o Senador Lindbergh Farias (PT/RJ). Segundo a PM, 5 mil pessoas participaram do ato.

Foto: Ricardo Stuckert

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.