O protesto “Ocupa Brasília” que é contra as reformas trabalhista e previdenciária, acabou em quebra-quebra.
Michel Temer acionou as Forças Armadas para conter a manifestação, a ação dos soldados se estenderá até 31 de maio. Segundo o ministro Raul Jungmann, da Defesa, a operação de ‘Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal’ foi requisitada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-DF).
Houve reação instantânea no plenário da Câmara. Deputados se revoltaram ao saber do pedido para acionar as Forças Armadas. Assim que começou o tumulto a sessão foi suspensa.

Leia a íntegra do decreto:

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *