Está prevista uma nova greve geral, paralisação de um dia organizada pelas centrais sindicais, para a última sexta-feira deste mês, 30 de junho.
O motivo que leva à paralisação é a luta dos sindicalistas contra as reformas da Previdência e trabalhista e o pedido de afastamento do presidente Michel Temer (PMDB).
As entidades sindicais também promoverão um dia de mobilização nacional, em 20 de junho, chamado “Esquenta Greve Geral”. Segundo os sindicalistas, as centrais “irão colocar força total na mobilização da greve em defesa dos direitos sociais e trabalhistas”.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.