Durante o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (08/06), o relator da ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, ministro Herman Benjamin, votou por condenar a chapa Dilma-Temer por abuso de poder econômico nas Eleições 2014. Para o ministro, a campanha foi financiada por propina de contratos superfaturados da Petrobras.
Porém, a condenação ou absolvição da chapa depende do voto dos outros seis ministros do TSE: Napoleão Nunes Maia Filho, Admar Gonzaga, Tarcísio Neto, Luiz Fux, Rosa Weber e Gilmar Mendes.
A seção será retomada nesta sexta (09/06) às 9h e os votos dos demais ministros devem demorar vinte minutos cada.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.