Na manhã desta segunda-feira (17/07) o projeto de lei que altera as regras do funcionalismo público da cidade de Colombo foi aprovado por três votos contrários e 13 favoráveis.
O texto já havia sido aprovado em primeira votação e precisava passar pelo segundo turno. Nas primeiras sessões houve manifestações e tiveram que ser adiadas ou suspensas. Desta vez, a Polícia Militar (PM) reforçou o efetivo para conter qualquer tipo de manifestação que pudesse atrapalhar a sessão.
O projeto aprovado pretende acabar com as funções de merendeira, vigilante, auxiliar de serviços e assessor jurídico, reajustar o salário dos médicos, alterar a concessão do vale-transporte e do auxílio-alimentação. Outro ponto polêmico é uma alteração nas regras de concessão de licenças.
Os sindicatos pedem que a prefeitura volte atrás na decisão. O município, assegura que nenhum direito será retirado dos trabalhadores e o que está se buscando é uma redação mais clara, para facilitar o entendimento da lei.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *