No fim de janeiro, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, publicou em seu Facebook a foto de um adolescente que havia sido apreendido pela Guarda Municipal, durante a operação Balada Protegida. Tendo em vista a violação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Ministério Público do Paraná (MP-PR) entrou com uma representação judicial contra o prefeito.
O prefeito foi citado oficialmente da representação na última quinta-feira (27/07) e deve, agora, enviar as respostas solicitadas à promotora Tarcila Teixeira, da Promotoria de Justiça de Infrações Penais Contra Crianças, Adolescentes e Idosos. Após isso, deve ser marcada uma audiência de instrução para o julgamento do caso. Por meio de sua assessoria de imprensa, a prefeitura informou que Greca não vai se manifestar, porque o caso corre sob segredo de justiça, por envolver adolescente.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.