O desembargador da 1.ª Câmara Civil de Santa Catarina, Eduardo Gallo de Mattos, é investigado por violência contra a ex-mulher, Liliane Mello, após a mesma acusar o magistrado por agressão em um boletim de ocorrência na delegacia da Mulher de Florianópolis.
Em março, Gallo publicou um vídeo em que aparece mostrando vários machucados pelo corpo, resultado de uma briga com sua então mulher. As imagens foram usadas contra a queixa que Liliane prestou.
O desembargador também foi alvo de outro boletim de ocorrência por tentar agredir uma mulher em uma briga de trânsito.
E na última quinta-feira (03/08), Gallo foi acusado pelo advogado Felisberto Odilon Córdova, de cobrar propinas de R$ 700 mil para julgar favoravelmente uma ação na 1.ª Câmara de Direito Civil.

Veja o vídeo em que ele mostra as agressões supostamente feitas pela ex-mulher:

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.