Na manhã desta terça-feira (15/08), grupos favoráveis e contrários ao projeto de lei “Escola Sem Partido” protestaram em frente à Câmara Municipal de Curitiba.
Ao se encontrarem, por volta das 9h30, os dois grupos trocaram xingamentos e houve um princípio de confusão entre membros das duas frentes depois que algumas bandeiras foram queimadas. Três pessoas foram identificadas pela Polícia Militar (PM) e assinaram termos circunstanciados no local.
A proposta “Escola Sem Partido” foi protocolada pelos vereadores Thiago Ferro (PSDB), Osias Moraes (PRB) e Ezequias Barros (PRP), em 11 de julho. Os autores afirmam que, se aprovado, o projeto vai coibir o que chamam de doutrinação política, ideológica e de gênero dentro das escolas municipais.
A proposta está sendo analisada na Comissão de Legislação da Câmara. Depois, deve receber pareceres da Comissão de Educação e da Comissão de Serviço Público para, então, ir à votação em Plenário.

Foto: Djalma Malaquias

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.