Na manhã desta quinta-feira (21/09) em uma reunião convocada pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico de Campo Largo (Comude), os vereadores aprovaram, em primeira votação, o Projeto de Lei número 33/2017, que altera o Código Tributário do Município. Foram oito votos a favor e três contra.
De acordo com o prefeito Marcelo Puppi, a alteração tributária tem como objetivo adequar Campo Largo às demandas econômicas atuais e cumprir exigência do Ministério Público em relação ao chamado “valor venal” que está muito longe da realidade do mercado. Há décadas os valores estão congelados, nos arquivos do Município, ao ponto de um cidadão possuir um imóvel que vale hoje R$ 300 mil no mercado, e pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) como se valesse apenas R$ 57 mil. A nova lei regula essa transição, e se o prefeito não se adequar à lei, não efetuar a correção, corre o risco de processo por Improbidade Administrativa.
Alguns moradores do município ficaram insatisfeitos com a decisão, o que gerou manifestos nas redes sociais e confusão entre um integrante da equipe do prefeito e um morador em frente a Câmara Municipal.

Veja no vídeo abaixo:

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.