Nesta segunda-feira (25/09) a Câmara dos Deputados adiou pela segunda vez a leitura da nova denúncia contra o presidente Michel Temer, apresentada pela Procuradoria Geral da República, por falta de quórum.
A denúncia foi entregue pelo Supremo Tribunal Federal (STF) à Câmara na quinta-feira (21/09). Na sexta-feira (22/09), a leitura já havia sido adiada, depois que a sessão do plenário foi cancelada, também pelo número de deputados ser insuficiente.
A denúncia só será encaminhada para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) após a votação da Câmara e a notificação do presidente Michel Temer e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência).

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.