Foi bloqueado pela Justiça os bens de Ednea Buchi Batista, ex-prefeita de Paranacity (2013-2016), no noroeste do Paraná, de Thiago Buchi Batista, ex-secretário de Administração da cidade e do filho de Ednea, por uso irregular de diárias de viagem, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR).
Conforme o MP-PR, durante a viagem a Curitiba em outubro de 2013, o ex-secretário de Administração de Paranacity se apresentou como advogado no cartório do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR), o que demonstra que no período da viagem foram tratados assuntos particulares.
Além do bloqueio de bens, a promotoria também solicitou a condenação dos réus às penas previstas na Lei de Improbidade, como ressarcimento integral do dano causado ao patrimônio público, pagamento de multa e suspensão dos direitos políticos.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *