Ao saber que o governador Beto Richa (PSDB-PR) receberia o título de cidadão honorário em Toledo, a secretária de Política Sindical da APP-Sindicato, Simone Regina Checchi, levou sua indignação à sessão da Câmara Municipal.
E após 7h40 de debates, os vereadores locais resolveram adiar a votação que poderá ou não conceder a honraria máxima do município ao tucano.
Durante o fim de semana, na véspera da sessão na Câmara, o Observatório Social de Toledo recomendou que o título de cidadão honorário fosse adiado até que Beto Richa comprovasse que ‘não roubou nem deixou roubar’ no governo do Paraná. O governador é réu em ao menos três ações penais no Superior Tribunal de Justiça.
Se não houver sessão extraordinária, os vereadores voltarão a votar o título no próximo dia 6 de novembro.

Ouça o áudio em que Simone explica sua posição:

Fonte: Blog do Esmael

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *