Nesta quarta-feira (18/10) o governador Beto Richa assinará o acordo com o Tribunal Regional do Trabalho que põe fim a uma ação ajuizada há cerca de 30 anos.
A medida atende cerca de 33 mil professores e o saldo supera 550 milhões de reais.
O acordo prevê o pagamento de diferenças salariais em relação ao piso do magistério estadual para os professores contratados pelo regime CLT entre os anos de 1989 e 1992.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *