Um funcionário de carreira da Prefeitura de Londrina, foi exonerado após a apuração do desvio de R$ 600 mil na Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf).
O servidor demitido é Paulo César dos Santos, que trabalhava na prefeitura há 32 anos e foi secretário municipal de planejamento, de abril a dezembro de 2008. Ele estava afastado desde que as irregularidades foram descobertas.
Paulo César trabalhou na diretoria financeira da Acesf, de 2013 a 2015. De acordo com a investigação, o dinheiro desviado pelo servidor vinha do pagamento de empresas que negociavam com a Acesf. O procedimento administrativo mostrou que a quitação dos valores era simulada, mas os cheques não iam para a conta da autarquia e eram repassados a outras pessoas.
O valor desviado nos três anos equivale a 6% do faturamento anual da autarquia, que é de R$ 10 milhões.
A defesa de Paulo César dos Santos disse que não foi intimada e que ainda não tem autorização para discutir o assunto.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *