A sessão plenária de votação do parecer prévio relativo às contas de 2016 do governador Beto Richa, foi adiada desta quarta-feira (08/11) para a quinta-feira da próxima semana (16/11).
O conselheiro Fabio Camargo foi surpreendido por um pedido de vista formulado pelo colega Ivens Linhares que, como todos os demais, teve conhecimento do parecer com 48 horas de antecedência, e levantou dúvidas sobre um ponto do texto de Camargo. O conselheiro alegou que precisaria de mais tempo para compreendê-lo.
Visivelmente constrangido, o presidente Durval Amaral pediu o acatamento do relator e, não tendo havido nenhuma manifestação em contrário de todos os demais, adiou a leitura e votação do parecer.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.