O novo diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal (PF) Eugênio Ricas, que comandará todas as operações federais no Brasil, entre elas a Lava Jato, prometeu ampliar o combate à corrupção, ao tráfico de drogas e ao tráfico de armas.
Na cúpula da PF, Ricas vai substituir o atual diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Maurício Leite Valeixo, que foi convidado para assumir a Superintendência da PF no Paraná. Segóvia e Ricas tiveram uma experiência profissional entre 2009 e 2011, quando Segóvia era superintendente da Polícia Federal no Maranhão e Ricas foi seu braço-direito.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.