A Urbs anunciou que abriu um Plano de Demissão Incentivada com o objetivo de desligar 155 funcionários do quadro da empresa. Caso a adesão ao plano não seja satisfatória, a empresa que gerencia o transporte coletivo em Curitiba vai demitir os funcionários.
Segundo a diretora de Administração e Finanças da Urbs, Denise Vilela, a demissão faz parte de um plano para equilibrar as finanças da empresa que, segundo ela, tem um déficit mensal de R$ 2 milhões.
A medida vai reduzir em 11% o quadro da empresa, que atualmente tem cerca de 1,4 mil funcionários.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.