Saiu no Diário Oficial desta terça-feira (21/11) a Resolução 6470, assinada pelo chefe do Ministério Público Estadual, que revoga a designação do promotor Carlos Alberto Choinski para compor o Gepatria, grupo encarregado da parte civil da Operação Quadro Negro.
Choinski ingressou com ações cíveis e denunciou algumas autoridades, dentre as quais os deputados Valdir Rossoni e Plauto Miró Guimarães. Só não foi adiante porque, pela Lei Orgânica do MP, apenas o procurador-geral (no caso, Ivonei Sfoggia) detém a prerrogativa de processar o governador Beto Richa e o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *