Em entrevista à rádio Bandeirantes, Geraldo Alckmin indicou que o PSDB deixará o governo Michel Temer quando ele assumir a presidência do partido.
“Abandonar [a gestão Temer] no sentido de não ter compromisso, não. Porque temos compromisso, responsabilidade e temos que dar sustentação na Câmara e ao mesmo tempo votar projetos de interesse do país”, disse o governador.
“Mas eu sempre fui contra participar do governo. Acho que não tinha razão para o PSDB participar e indicar ministro”, acrescentou.
A previsão de posse de Alckmin à presidência do PSDB é pro dia 9 de dezembro na convenção nacional do partido.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *