O Ministério Público (MP) do Paraná denunciou 29 pessoas por corrupção e fraudes em licitações realizadas pela prefeitura de Itaperuçu, município da Região Metropolitana de Curitiba.
Entre os denunciados estão o ex-prefeito Neneu Artigas (PDT), que governou a cidade entre 2013 e 2016 e seis vereadores da legislatura anterior. Dos ex-parlamentares denunciados, apenas Pio Moraes (PP) ocupa uma cadeira na atual legislatura.
Na mesma operação, batizada de Amicitates, o MP apresentou denúncia contra um ex-secretário municipal, um ex-procurador jurídico, sete servidores municipais e 13 empresários que tinham contratos com a prefeitura.
De acordo com as acusações, os processos licitatórios de Itaperuçu eram dirigidos com o objetivo de proporcionar vantagens a grupos de amigos e ex-sócios do então prefeito Neneu Artigas.
As investigações, realizadas em duas fases da Operação Amicitates, foram conduzidas pela Promotoria de Justiça de Rio Branco do Sul e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e duraram 18 meses.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.