Acusado de violência doméstica, o vereador pelo Partido Social Liberal (PSL) de Araucária, Celso Nicácio da Silva, foi preso na noite deste domingo (03/12) em sua própria residência no Jardim Tupy e após pagar fiança foi liberado logo na madrugada de segunda-feira (04/12).
O vereador ameaçou e agrediu sua esposa, que ligou para a Guarda Municipal. Ao chegarem na residência do casal, os agentes encontraram o acusado muito alterado e foi necessário usar arma de choque para contê-lo.
De acordo com a Polícia Civil, não é a primeira prisão de Celso pelo mesmo motivo. Porém nas outras ocorrências a mulher retirou as queixas. Segundo amigos que aguardavam o desfecho da situação do lado de fora da delegacia, o casal nunca se entendeu e as brigas são constantes. Eles negam que o vereador tenha agredido a esposa.
Celso foi eleito com mais de 2.100 votos em 2016 e sua principal base eleitoral é no Jardim Tupy, local onde aconteceu o ocorrido.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.