O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quinta-feira (07/12) que sejam desbloqueados R$ 63.702,54 do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o juiz, a defesa comprovou que o dinheiro era proveniente da aposentadoria do petista.
O dinheiro tinha sido bloqueado a mando de Moro, depois que ele condenou o ex-presidente a nove anos e meio de prisão, por ter recebido um apartamento triplex em Guarujá, no litoral paulista.
Além desse dinheiro, Moro também tinha determinado o bloqueio de fundos de previdência e contas bancárias. A defesa de Lula também tinha pedido ao juiz que liberasse parte desse dinheiro, alegando que metade dele pertence ao espólio da ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta no começo deste ano.
No despacho em que determinou o desbloqueio da aposentadoria, Moro disse que não era possível liberar também o dinheiro dos fundos de previdência. Para o juiz, a defesa precisa ainda comprovar que a origem desse dinheiro é lícita.
O juiz ainda concedeu à defesa de Lula mais 10 dias de prazo para que seja comprovada a origem lícita dos depósitos que foram feitos nos fundos de previdência.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.