Cinco deputados da bancada do PSB na Assembleia Legislativa devem anunciar a desfiliação do partido até segunda-feira que vem (26/03). Antes mesmo do fim do prazo de 7 de abril, vão tomar destinos variados, como o PSDB, o DEM e o PTB. O motivo é que não querem ficar num partido que não terá candidato a governador e senador no estado, o que automaticamente dificulta os votos para a eleição de deputados.
A decisão deles foi precipitada pela impossibilidade do PSB firmar aliança com o candidato do PDT, Osmar Dias, embora a cúpula nacional do partido ainda esteja empenhada em vencer as resistências de Osmar e do diretório regional do Paraná. Os deputados estaduais preferem se manter fieis ao grupo de Beto Richa e fazer parte do grupo de candidatos à eleição que vem sendo montado pelo ministro Ricardo Barros para dar notoriedade à candidatura de sua mulher, a vice-governadora Cida Borghetti.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *