Manifestantes favoráveis e contrários à prisão do ex-presidente Lula dividiram a Praça dos Três Poderes, em Brasília, nesta quinta-feira (22/03) para acompanhar a votação de um habeas corpus do político pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a Polícia Militar, 400 pessoas participam dos atos em frente ao prédio do STF.
Por volta das 15h, antes mesmo de o processo entrar em pauta, a PM usou spray de pimenta para conter manifestantes anti-Lula. O grupo tentava inflar um boneco de 8 metros de altura com as caricaturas do ex-presidente, do ex-ministro da Fazenda José Dirceu e do ministro do STF Gilmar Mendes. A ação foi proibida pela polícia.
Segundo o major Orlando Cassaro, do Batalhão de Choque da PM, a montagem de qualquer estrutura no local foi expressamente proibida pela Secretaria de Segurança Pública do DF.
Os manifestantes insistiram no protesto e chegaram a montar um “cordão de isolamento” em torno do boneco mas, após o conflito, concordaram em esvaziar o balão. Não houve registro de feridos ou detidos, e o boneco gigante foi apreendido pela PM.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *