O empresário Joel Malucelli não está contente com a inclusão do nome de sua empresa, a J. Malucelli, nas denúncias de irregularidades na construção da Usina de Belo Monte, Pará, há duas semanas.
Por isso já disse a amigos que pretende deixar a presidência do Podemos no Paraná. E também pediu ao senador Alvaro Dias que não se licencie do mandato porque não quer assumir, nem temporariamente, a vaga de suplente.
Nem mesmo o desagravo de vários empresários e políticos do Paraná, que consideraram precipitada a citação da J. Malucelli junto com empreiteiras de grande porte que realizaram obras na Belo Monte, foram suficientes até agora para demover Joel da decisão de se recolher.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *