O comando da fiscalização do pedágio e de outros serviços públicos no Paraná pelos próximos três anos foi definido na manhã desta terça-feira (27/03) em uma sabatina na Assembleia Legislativa.
Os nomes de Omar Akel, que ocupava a presidência da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), e de Rejane Karam, que era coordenadora na Secretaria de Infraestrutura e Logística, foram aprovados pela comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação e agora dependem apenas de oficialização do governador Beto Richa para assumir a presidência e a diretoria de regulação, respectivamente, da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar).
O clima da sabatina transcorreu em clima harmonioso, com mais elogios do que perguntas incisivas. A começar pela baixa presença de deputados estaduais. Dos seis titulares, três não estavam presentes: Marcio Pauliki (PDT), Pastor Edson Praczyk (PRB) e Felipe Francischini (SD). O único suplente que participou foi Rasca Rodrigues (PV).
Entre os sabatinadores, Paulo Litro (PSDB) chegou a dizer que os currículos dos indicados por si só já indicavam que teriam condições de assumir, mas que era necessário cumprir a exigência legal de fazer uma sabatina.
Antes mesmo de encerrar a fase de perguntas, os deputados elogiaram a indicação dos nomes, feita pelo governador Beto Richa (PSDB). E desejaram sucesso mesmo antes do anúncio do resultado da votação, que indicou três favoráveis à nomeação dos indicados.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.