A governadora de Roraima, Suely Campos (PP), disse em Brasília nesta sexta-feira (13/04) que o governo do estado entrou com uma ação no Supremo Tribunal Fedeal (STF) pedindo para a União fechar temporariamente a fronteira com a Venezuela. A governadora alegou que Roraima não está conseguindo lidar com a quantidade de imigrantes venezuelanos que chega ao estado.
Suely Campos afirmou que não concorda com a atual política da União com relação à entrada de venezuelanos. Ela disse que, por dia, chegam ao estado de 500 a 700 imigrantes da Venezuela.
O país vizinho passa por uma severa crise política, econômica e social. O Brasil tem sido um dos principais destinos de quem deixa a Venezuela em busca de melhores condições de vida.
Além do fechamento temporário da fronteira, a governadora disse que Roraima também pediu no STF mais verbas da União para lidar com os imigrantes. Na ação, o governo do estado afirma que a União tem sido “omissa” na sua função de controlar as fronteiras.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.