Em reunião com a cúpula do PSB, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa mostrou-se favorável ao voto distrital, discorreu sobre o semipresidencialismo francês, demonstrou conhecimento em relação à reforma política no Brasil e fez comentários positivos, por exemplo, ao sistema de “recall” eleitoral americano, que substituiu um governador na Califórnia.
O encontro realizado nesta quinta-feira (19/04) apontou também para o futuro. Ficou acertado que será montada uma assessoria mínima a Barbosa, mesmo sem a decisão de que ele irá ou não concorrer à Presidência da República, devido à demanda de pedidos relacionados ao ex-magistrado.
O partido também acertou novas reuniões sobre temas fundamentais, como aprofundamento das ideias econômicas, para que seja amadurecida a ideia de uma eventual candidatura.
Estiveram presentes no encontro governadores como Rodrigo Rollemberg (DF), Paulo Câmara (Pernambuco), Márcio França (São Paulo), além do presidente do partido, Carlos Siqueira, e outras lideranças pessebistas regionais e do Congresso Nacional.

Fonte: G1

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.