A governadora Cida Borghetti (PP) e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), assinaram nesta segunda-feira (21/05) a liberação da licitação de futuras obras na Linha Verde. No valor de R$ 116,6 milhões, o convênio irá implantar dois viadutos e duas trincheiras na Linha Verde. O governo estadual, via Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seil), repassará R$ 87,725 milhões, enquanto à prefeitura da capital caberá a contrapartida de quase R$ 28,9 milhões, referente às desapropriações necessárias para as obras.
Serão dois viadutos paralelos ao já existente na Avenida Marechal Floriano Peixoto, nas ruas Anne Frank e Tenente Francisco Ferreira de Souza, formando um trinário que liga as regiões do Boqueirão, do Rebouças e a Avenida Wenceslau Braz. O viaduto da Marechal também deve receber uma estrutura metálica interligando a Marechal com a Linha Verde, destinada aos usuários de transporte coletivo.
De acordo com a Seil, as obras devem diminuir o tempo gasto para percorrer os 22 quilômetros da Linha Verde em 20%, de 30 minutos para 24 minutos. Pelo cronograma da secretaria, os projetos de engenharia serão finalizados até julho de 2019, e as desapropriações devem ser concluídas até meados de 2020, quando as obras, então, devem começar. A previsão para conclusão é 2022.
Greca, no entanto, afirmou que até 2020, quando termina seu mandato, as obras já devem estar prontas. “Minha ideia é fazer a licitação agora, hoje mesmo, esperar o processo de três meses deste processo licitatório e em setembro já começamos as obras”, afirmou.

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *