Após cinco horas de sessão e dos votos pela condenação dos ministros Edson Fachin e Celso de Mello, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal adiou para a próxima terça-feira (29/05) a conclusão do julgamento do deputado Nelson Meurer (PP-PR).
Faltam ainda os votos dos outros três ministros da turma (Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski).
Se ao final prevalecer as posições de Fachin e Celso de Mello, será a primeira condenação de um político no STF em razão da Operação Lava Jato.
A ação penal contra Meurer é a primeira da Lava Jato a ser julgada no tribunal. A defesa do deputado contesta as acusações contidas na denúncia da Procuradoria Geral da República e diz que não há elementos para justificar condenação.

Fonte: G1

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *