O juiz substituto Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, aceitou nesta quarta-feira (13/06) dar andamento ao processo da Lava Jato declinado por Sérgio Moro, na segunda-feira (11/06). Ele foi escolhido por meio de sorteio eletrônico.
Moro abriu mão de julgar a ação penal sob a alegação de que fatos investigados não têm ligação com a Petrobras e de que está sobrecarregado. Batizada de Integração, a etapa apura se uma concessionária de pedágio do Paraná pagou propina a agentes públicos.
A mudança, de acordo com Moro, não anula as decisões já tomadas. O processo segue normalmente, portanto, com a manutenção das oitivas já marcadas.

Fonte: G1

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.