No levantamento realizado pela XP Investimentos, em parceria com a Iespe, mostra a pesquisa de intenção de voto a Presidência da República. As entrevistas foram realizadas com mil pessoas, entre 18 a 20 de junho, com margem de erro de 3,2 pontos percentuais. Registro TSE: BR-09600/2018; BR-05699/2018; BR-05997/2018; BR-07273/2018; BR-06647/2018.

Intenção de voto – espontânea

Foi perguntado: “Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria?”, a opção “Não Sabe” lidera com 40%, seguido por “Brancos/Nulos” 27%; em terceiro, ex-presidente Lula (PT) 13% empatado com Jair Bolsonaro (PSL) 13%; Ciro Gomes (PDT) 2%; Geraldo Alckmin (PSDB) 2%; Álvaro Dias (Pode) 1%; Marina Silva (Rede) 1%; e João Amoêdo (Novo) 1%.

Cenário 1

Foi perguntado: “Se a eleição foi hoje e os candidatos foram ___, para quem você votou?”, a opção “Brancos e Nulos” lidera neste possível cenário com 29%, seguido por Jair Bolsonaro (PSL) 22%; Marina Silva (Rede) 13%; Ciro Gomes (PDT) 10%; Geraldo Alckmin (PSDB) 8%; “Não Sabe” 5%; Álvaro Dias (Pode) 5%; Manuela D´Ávila (PCdoB) 2%; “Não Sabe” 2%; Henrique Meirelles (MDB) 1%; Guilherme Boulos (Psol) 1%; e por fim, Flávio Rocha (PRB) 1%.

Cenário 2

Apresentado como possível substituto do ex-presidente Lula (PT), Fernando Haddad soma 3% de intenção de voto. Foi perguntado: “Se a eleição foi hoje e os candidatos foram ___, para quem você votou?”, e quem lidera novamente é “Brancos e Nulos” com 28%, seguido por Jair Bolsonaro (PSL) 21%; Marina Silva (Rede) 14%; Ciro Gomes (PDT) 10%; Geraldo Alckmin (PSDB) 8%; Álvaro Dias (Pode) 5%; “Não Sabe” 4%; Fernando Haddad (PT) (3%Henrique Meirelles (MDB) 2%; Manuela D’Ávila (PCdoB) 2%; Guilherme Boulos (Psol) 1%; e por fim, Flávio Rocha (PRB) 1%.

Cenário 3

Foi perguntado: “Se a eleição foi hoje e os candidatos foram ___, para quem você votou?” numa eventual candidatura do ex-presidente Lula (PT), o petista lidera com 28%; seguido por Jair Bolsonaro (PSL) 19%; “Brancos e Nulos” 18%; Marina Silva (Rede) 10%; Geraldo Alckmin (PSDB) 7%; Ciro Gomes (PDT) 5%; Álvaro Dias (Pode) 4%; por fim, “Não Sabe” 4%. Henrique Meirelles (MDB), João Amoêdo (Novo), Manuela D´Ávila (PCdoB) e Guilherme Boulos (Psol) atingem 1% cada.

Com informações da XP Investimentos.

Reportagem: Pedro Lima.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.