A chapa de oposição encabeçada pelo pré-candidato ao governo do Paraná Osmar Dias (PDT) e pelo senador e candidato à reeleição Roberto Requião (MDB), dá sinais de ruptura.
Na semana passada, Requião havia divulgado nota em que afirmava que o MDB deveria abrir negociações com outros pré-candidatos ao governo – Cida e o deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) – já que o PDT de Osmar não havia se posicionado sobre a proposta de aliança com a legenda.
Neste sábado (30/06) Requião surpreendeu ao participar de um evento em Mandaguari (Noroeste), em que Cida assinou convênios para a liberação de recursos para a pavimentação de quatro bairros da cidade.
Essas atitudes de Requião seriam maneiras de pressionar Osmar a assumir uma posição de aliança, visto que é sua única opção pois Cida e Ratinho estão relacionados à Beto Richa, o qual é seu adversário na disputa do Senado.
Já Osmar precisa de Requião pelo tempo de TV, porém, mantém a posição de que as alianças só devem ser definidas no período das convenções, que começam em meados de julho e vão até 15 de agosto.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *