O empresário Joel Malucelli pediu licença da condição de primeiro suplente de Alvaro Dias, pré-candidato à Presidência pelo partido Podemos. Segundo a assessoria, o pedido foi feito por meio de carta, enviada ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) nesta segunda-feira (02/07). A suplência é uma espécie de linha sucessória para o cargo de senador e especifica, já na eleição, quem assume o cargo em caso de renúncia do titular. Agora, caso o cargo fique vago, será assumido por Severino Araújo (PSB).
De acordo com nota enviada pelo Grupo J. Malucelli, o empresário alegou à presidência do Senado “desconforto com as tentativas injustas iniciadas ao longo da pré-campanha eleitoral para atingi-lo e, supostamente, prejudicar Alvaro Dias”.
Malucelli justificou ainda dizendo que “atualmente, dedica-se a novos negócios que exigem constante atenção e frequentes viagens, limitando a sua disponibilidade para outras tarefas”.
Alvaro Dias, por meio de sua assessoria, reagiu à decisão de Malucelli chamando-a de “atitude de grandeza”.

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *