A escolha da nova Mesa Executiva da Câmara de Curitiba só acontece no fim de dezembro, mas um dispositivo do Regimento Interno da Casa faz com que as discussões sobre a nova direção do legislativo já tenham começado. Na interpretação de alguns vereadores, os blocos que indicarão os nomes para os cargos de direção devem estar compostos antes do início do próximo semestre.
Há, por enquanto, três vereadores cotados para assumir a presidência, Pier Petruzziello (PTB), Bruno Pessuti (PSD) e Sabino Picolo (DEM). Pelas normas internas, o atual presidente Serginho do Posto (PSDB) não pode se recandidatar ao cargo. Como os três são pré-candidatos a deputado estadual, o cenário depende diretamente do resultado das eleições de outubro.
Petruzziello é o atual líder do prefeito Rafael Greca (PMN). Por isso o Executivo já vem sinalizando que tem interesse em sua eleição para o comando da Câmara. Entretanto, o nome do líder não é o único considerado por Greca e seus aliados. A escolha de Sabino Picolo também é aventado para o cargo e tem apoio entre os vereadores mais antigos.
Bruno Pessuti, outro nome da base aliada que está sendo cotado para a presidência, pode ver suas chances de presidir a Câmara aumentarem se Ratinho Júnior (PSD) for eleito governador.
A oposição manteve seu bloco formado e, com isso, vai tentar indicar um nome para algum outro cargo da Mesa. Assim, o grupo espera colocar em pauta alguns temas que tem defendido, como a contratação de servidores técnicos para as comissões temáticas.

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *