O senador e pré-candidato a presidente da República, Alvaro Dias (Podemos) afirmou, em encontro com empresários na Associação Comercial de São Paulo, que “não haverá força humana capaz de promover um recuo em relação à nossa candidatura”.
A declaração foi uma resposta às especulações de que o Podemos poderia desistir da corrida presidencial para apoiar Geraldo Alckmin (PSDB/SP). “Se querem convergência para o centro, que convirjam para esta proposta”, defendeu. “É o momento de as pessoas lúcidas e conscientes exercerem o protagonismo, sob pena de repetirmos a tragédia que estamos vivendo”.
Ao rebater críticas recorrentes de que, como político com longa carreira, nunca fez nada para reverter o quadro de mazelas brasileiras, o senador justificou que somente agora criou-se um meio possível para que isso fosse feito. “Antes eu só podia contestar, agora posso combater”. Para ele, o sistema político brasileiro é o “sistema da negociação, do balcão de negócios, do loteamento de cargos públicos”, classificando-o ainda como um “sistema de escândalos e corrupção fabricado em Brasília e levado para outros estados”.

Fonte: Bem Paraná

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.