O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, teria sido escolhido pelo presidente Michel Temer para assumir interinamente o Ministério do Trabalho, segundo informa a jornalista Naira Trindade na Coluna do Estadão. Padilha vai substituir Helton Yomura, que foi alvo da 3.ª fase da operação Registro Espúrio nesta quinta-feira (05/07). A nomeação deve ser publicada no Diário Oficial da União (DOU).
Yomura pediu demissão depois de ser afastado do cargo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro é suspeito de ligação com um esquema de fraudes na liberação de registros sindicais. A Polícia Federal sustenta que Yomura foi alçado ao cargo para perpetuar o suposto esquema criminoso liderado por seus padrinhos políticos, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e a filha dele, deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ).

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.