O júri popular absolveu, na madrugada desta quinta-feira (19/07), os cinco policiais militares acusados de matar três jovens suspeitos de um assalto em outubro de 2013, no bairro Umbará, em Curitiba.
A informação foi confirmada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) e pelo Tribunal do Júri. O MP informou que não haverá recurso.
José Eleutério da Rocha, Vagner de Oliveira Moro, Clério Carneiro, Silvestre de Oliveira Lopes e Élinson Chitiko foram acusados de triplo homicídio qualificado e fraude processual. O advogado deles, Eduardo Miléo, comemorou a absolvição nas redes sociais.
Em nota, ele disse que a defesa demonstrou que os policiais “agiram bem” e que “revidaram a injusta agressão”. Afirmou, ainda, que a Justiça devolveu os PMs “para os seus devidos lugares, as ruas paranaenses, para que possam continuar a nos defender”.
Para o júri popular, foram arroladas 22 testemunhas de defesa. O MP-PR dispensou as testemunhas de acusação. Sete jurados – seis homens e uma mulher – participam do julgamento.

Fonte: G1

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.