Principal delator da Operação Quadro, o dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza , parabenizou o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), pela condução da votação do “pacotaço”, em 29 de abril de 2015. O episódio – que ficou conhecido como “Batalha do Centro Cívico” – terminou com mais de 237 feridos, depois que manifestantes foram reprimidos pela Polícia Militar (PM), ao tentar entrar na Assembleia. Além disso, o empreiteiro ironizou o impacto do confronto à carreira política do então governador Beto Richa (PSDB).

O laudo do iPhone de Lopes de Souza – aprendido pelas autoridades – mostra que na noite de 29 de abril, o empresário acessou notícias sobre a votação do “pacotaço” e sobre o confronto. Em seguida, às 22h37, ele enviou uma mensagem ao presidente da Assembleia. “Traino foi firme!! Parabéns!”. O deputado apenas agradeceu: “Obrigado”.

Ademar Traiano conduzia a votação do “pacotaço” na Assembleia Legislativa, que estava isolada por tropas da PM. Cerca de 20 mil manifestantes tentaram entrar no prédio, mas a polícia reagiu, iniciando o confronto. Do plenário, deputados chegaram a sugerir a interrupção da sessão, mas Traiano insistiu: “Vamos votar! As bombas são lá fora!”.

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *