O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) começou a analisar novamente o caso “Diários Secretos”. Em breve, poder  haver novas decisões. Quem nao gostou nada disso foram os deputados Alexandre Curi (PSB) e Nelson Justos (DEM), que temem desgaste em plena campanha eleitoral pela reeleição.

Em relação a Curi, o caso estava parado desde o final de 2017, O escândalo dos Diários Secretos foi revelado em uma série de reportagens da RPC TV e do jornal Gazeta do Povo que mostrou um esquema de contratações irregulares de servidores no  Legislativo paranaense.

O esquema foi possível  com a ocultação dos diários oficiais da Assembleia Legislativa do Paraná. O Ministério Público do Paraná suspeita que o esquema deixou R$ 250 milhões em prejuízo aos cofres públicos.

Fonte: Bem Paraná

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *