O professor Oriovisto Guimarães (Podemos) é o candidato paranaense que mais vem investindo dinheiro na própria campanha eleitoral. Na tentativa de ocupar uma das duas cadeiras no Senado, o fundador do Positivo já repassou para seu comitê R$ 2,3 milhões.

Novato na política, o empresário havia afirmado em entrevista no início da campanha que não pretendia gastar “um caminhão de dinheiro” para se eleger. A pergunta fazia sentido porque Oriovisto é um dos homens mais ricos do Paraná, com fortuna declarada de R$ 239 milhões.

Embora não seja hoje mais o controlador do grupo Positivo, Oriovisto tem seus herdeiros no comando das empresas, que incluem a parte educacional, a gigantesca Positiva Informática, a gráfica e vários outros negócios.

Com as doações que fez até agora, Oriovisto chegou a cerca de dois terços do permitido pela legislação eleitoral. O teto estabelecido para as campanhas de senador no Paraná e de R$ 3,5 milhões.

Além de colocar dinheiro na própria campanha, o empresário também doou R$ 1,7 milhões para seu amigo e correligionário Alvaro Dias (Podemos). Além de ser o maior doador individual do presidenciável, Oriovisto perde apenas para os repasses do próprio partido e representa um terço do que Alvaro arrecadou.

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.