Vai sair no Diário Oficial desta quinta-feira (27/09) o ato da governadora Cida Borghetti determinando à Procuradoria Geral do Estado (PGE) que ingresse na Justiça para obrigar as concessionárias de pedágio do Paraná a “restabelecer justo critério na política tarifária dos contratos em curso”.

Segundo o despacho, a medida deverá ser tomada tendo em vista “a decisão proferida nos autos de Pedido de Busca e Apreensão” pelo juiz da 23.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Paulo Sérgio Ribeiro, que conduz a Operação Integração II.

O juiz determinou a na terça-feira a prisão de 19 agentes públicos e empresários que, segundo investigação do Ministério Público, atuaram para elevar as tarifas mediante distribuição de propinas. Entre os presos, o ex-secretário de Infraestrutura, Pepe Richa, irmão do ex-governador Beto Richa, e outros integrantes do núcleo duro do Palácio Iguaçu.

O primeiro anúncio feito pelo governo no calor das notícias de malfeitos e prisões da Operação Integração II era mais exagerado: a governadora estava disposta a pedir a suspensão da cobrança do pedágio.

Fonte: Contraponto

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.