Minutos antes de entrar no debate da RICTV, Ogier Buchi, candidato ao Governo do Estado do Paraná pelo PSL, foi notificado sobre uma decisão em caráter liminar em favor do Partido Social Liberal (PSL), que determina a imediata abstenção de todos e quaisquer atos de campanha do candidato. Dessa forma, Ogier não vai mais concorrer ao Governo do Estado do Paraná.

Na segunda-feira (17/09), o candidato teve o pedido indeferido pela Justiça Eleitoral. Mas, Buchi recorreu juntamente com seus advogados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar a candidatura mais uma vez. O candidato Ogier Buchi ainda aguarda a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o recurso do registro de candidatura. Ele, que já enfrentava problemas com o registro da sua candidatura desde o início do processo eleitoral, teve o recurso negado nesta sexta-feira (28/09).

Desde o dia 28 de agosto, o candidato Ogier Buchi não teve a sua candidatura registrada pelo partido dentro do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral. Mas, segundo o Ogier, ele realizou o registro pessoalmente. Além disso, ele afirma desde o início que se candidataria mesmo sem o apoio do candidato a presidência do partido, Jair Bolsonaro.

Ogier Buchi afirma que o partido não conversou com ele, e nem ele com o partido. E, foi então essa candidatura avulsa foi vista como um problema.

Ogier Buchi afirma ainda que tem passado por um mal estar com o partido depois que um suposto áudio do presidenciável Jair Bolsonaro declarando seu apoio à candidatura de Ratinho Júnior passou a circular em aplicativos de mensagens. “Essa luta é de Davi contra Golias. O partido me convidou e depois me desconvidou, e eu não aceitei. Eu não vou aceitar o desconvite. Eu me filiei ao partido porque acredito nas propostas. Eu serei, sim, candidato”. Ele vai além e garante: “continuo pedindo voto para o Bolsonaro. O coerente nisso sou eu.”

Esta é a segunda vez que Ogier Buchi é candidato ao governo do Paraná. Em 2014, o advogado concorreu ao Palácio Iguaçu pelo Partido Republicano Progressista.

Fonte: RicMais

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.