Depois de ficar por quase duas horas em conversa com Lula na carceragem da Polícia Federal, o presidenciável petista Fernando Haddad veio para o centro de Curitiba. Cumpriu a tradicional caminhada pelo calçadão da Quinze, desde o prédio histórico da Universidade Federal até a Boca Maldita, acompanhado da militância do partido.

Em discurso rápido, Haddad criticou a decisão do ministro Fux de impedir a realização e publicação de entrevista da Folha de S. Paulo com Lula, centrou ataques em Jair Bolsonaro e elogiou o movimento a mobilização de mulheres que, no sábado, lotou ruas e praças de todas as capitais para protestos contra o candidato do PSL sob o lema #EleNão”.

Agora à tarde Fernando Haddad cumpre agenda com sindicatos de trabalhadores filiados à Força Sindical no Paraná.

Fonte: Contraponto

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.